• Jussara Santos

sem título

Por que não fingir alegria vez em quando

saltar poças de angústia e lama

recolher na palma da mão a gota de sua lágrima.

Só fingir,

criar um reino do faz de conta

onde ausência de filiação

não rime com sua aflição.

Mas tudo está rompido neste dia

nada sobreviveu ao maremoto

que diziam impossível

no país onde você mora.

E aí dentro

dentro de você muitas coisas residem

residem tempestades, tufões

residem vulcões em erupção

e tudo estava rompido

naquela hora do dia

que nunca acaba.

28 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

CRUEL

meu amor quando me quer me elogia busca-me no inferno se preciso for encontrando-me, vou falsamente romântica em fins de século XX. Meu amor ainda acredita em amor.

Copyright © 2017 | Todos os direitos reservados | Jussara Santos